DIFERENÇA ENTRE AS NAÇÕES POBRES E RICAS

Nações pobres e ricas, o que as diferencia?

A diferença entre as nações pobres e ricas não está nos recursos naturais, raça, crença, cor ou idade.

Onde isto pode ser demonstrado?

Em países como Índia e Egito, que tem mais de 2000 anos e ainda são pobres. Canadá, Austrália e Nova Zelândia, que há 150 anos eram insignificantes, hoje são países desenvolvidos e ricos. Japão tem um território limitado, 80% montanhoso, inadequado para a agricultura e agropecuária, mas é a segunda economia do mundo. O país é como uma imensa fábrica flutuante, importando matéria prima de todo o mundo e exportando manufaturados.

Outro exemplo é a suíça, onde não cresce cacau, mas produz os melhores chocolates do mundo. Em seu pequeno território ela cuida de suas vacas e cultiva a terra apenas por quatro meses ao ano, no obstante produz os melhores produtos de leite. Um pequeno país que é uma imagem de segurança que se tornou o banco mais forte do mundo.

Executivos de países ricos que interagem com seus homólogos dos países pobres não mostram nenhuma diferença intelectual significativa. Os fatores raciais ou de cor, também não tem importância: imigrantes fortemente preguiçosos em seus países de origens, são altamente produtivos em países ricos da Europa.

A DIFERENÇA ENTRE AS NAÇÕES POBRES E RICAS

Então, qual é a diferença?

A diferença entre as nações pobres e ricas esta na atitude das pessoas, moldadas durante muitos anos pela educação e cultura. Quando analisamos o comportamento das pessoas dos países ricos e desenvolvidos, observa-se que uma maioria respeita os seguintes princípios de vida.

1 – Ética, como princípio básico;

2 – Integridade;

3 – Responsabilidade;

4 – O respeito pela legislação e regulamentação;

5 – O respeito pela maioria dos cidadãos pelo direito;

6 – O amor ao trabalho;

7 – O esforço para poupar e investir;

8 – A vontade de ser produtivo;

9 – A pontualidade;

Nos países pobres, uma pequena minoria segue esses princípios básicos em sua vida diária. Não somos pobres porque nos falta recursos naturais ou porque a natureza foi cruel conosco. Somos pobres porque nos falta atitude. Falta-nos vontade de seguir e ensinar esses princípios de funcionamento das sociedades ricas e desenvolvidas. Estamos neste estado porque queremos levar vantagem sobre tudo e todos.

Estamos neste estado porque vemos algo feito de forma errada e dizemos:

– Não é meu problema.

Deveríamos ler mais e agir mais. Só então seremos capazes de mudar nosso estado presente.